preloader
Vai viajar? Então confira estas dicas para garantir um chip de celular de forma prática

Vai viajar? Então confira estas dicas para garantir um chip de celular de forma prática

Viajar é muito bom, e com o Passaporte Italiano é melhor ainda. Você sabia que um cidadão italiano pode visitar países como os Estados Unidos, Japão ou Canadá sem a necessidade de vistos? Pois saiba, também, que um brasileiro que tem italianos em sua linhagem familiar pode requerer o direito legítimo de obter a Cidadania Italiana.

Se você se interessar pelo assunto, pode saber mais neste artigo que preparamos para você.

Voltando às viagens, uma das dúvidas mais comuns para quem não tem o costume de viajar ao exterior, ou vai realizar sua primeira viagem internacional, é em relação ao uso do celular, especialmente a Internet. Pois através da Internet, você pode usar aplicativos como o Uber, gerenciar sua conta no banco, usar mapas ou até usar aplicativos que traduzem placas para que você não se sinta tão perdido.

Para isso, preparamos um guia especial, para você saber como usar um chip de celular de forma simples e prática.

Chips de Internet no exterior

Basicamente há três formas de ativar uma linha de celular no exterior, como nos EUA ou Europa: direto com as operadoras, já no país em questão, em lojas ou quiosques que ficam em locais como shoppings, por exemplo; adquirindo um chip internacional, que pode ser comprado meses antes da viagem, e é entregue na sua casa; e para quem possui celular compatível com a tecnologia, o eSim pode ser contratado direto no celular, através de um aplicativo.

No caso da União Europeia, onde a Itália está incluída, há o roaming gratuito, garantido até 2032. Ou seja: se você estiver viajando pelo continente, poderá, por exemplo, ativar uma linha na Espanha e usar a mesma linha na Itália, França ou Alemanha.

Opções para chips internacionais, que você recebe em casa

Existem quatro opções de chips de celular para compra antecipada que estão entre as opções mais utilizadas por quem viaja. Mas se preferir, poderá pesquisar por outras opções disponíveis no mercado, para encontrar a que melhor atende suas necessidades, sejam elas de conexão, ou de preço.

A America Chip garante Internet ilimitada para quem chegar de viagem. E consegue ter preços competitivos, após deixar de ser um serviço exclusivo dos EUA, se tornando um serviço de cobertura global. Um chip para a Europa, com 4G, pacotes de ligações e redes sociais ilimitadas por 10 dias custa US$ 52, sem taxa de ativação. Oferece suporte, inclusive pelo WhatsApp.

Já o Viaje Conectado funciona como uma plataforma de chips para viagens da Yes Brasil. Também deve ser comprado antes da viagem, sendo retirado em um dos parceiros. Basta acessar o site oficial, escolher o destino e colocar as datas de chegada e saída. Na Europa, o serviço custa US$ 69,99, mais ativação, e oferece plano de dados de 12GB, sendo válido por 30 dias.

O Easysim4u é mais uma opção de chips que podem ser comprados no Brasil, antes da viagem. Também é possível montar o seu plano, baseado nos países em que viajará, e o tempo que estará neles. Entre as opções, a mais completa oferece cobertura 4G em todo o mundo, com planos de 5 a 30 dias. Também tem taxa de ativação.

E, por fim, temos a mysimtravel, que oferece suporte 24 horas em português, e oferece plano para uso em vários países, com 30 dias de duração. O chip pode ser entregue via Correios, em aeroportos parceiros ou em sua loja física, que fica em São Paulo.

Operadoras Europeias, para comprar o chip no país de destino

Se você preferir comprar o chip já no país em que fará a viagem, há outras boas opções, uma em cada país.

Espanha

A Espanha tem entre suas principais operadoras a Movistar, Orange e Vodafone, todas com a melhor cobertura e opções em 4G. Há outras opções como a Yoigo, Lycamobile e Lebara, estas duas últimas oferecendo preços mais baixos, mas que deve ser observados a sua cobertura.

Alemanha

A Vodafone, Blau, O2, Telekon e WinSim são as operadoras mais conhecidas do país. Mas por lá, as opções melhores estão com as MVNOs (Mobile Virtual Network Operator), que são operadoras móveis, que cobram menos, e contam com redes virtuais sem rede própria, utilizando as operadoras tradicionais para oferecer o serviço.

Itália

A TIM, conhecida dos brasileiros, é uma empresa italiana. Por isso, é uma das que oferecem os melhores serviços no país. Ainda há outras opções, como a Vodafone e a Lycamobile, que são populares no país. Mas ainda existem outras operadoras, como a Wind e a Iliad.

Portugal

Já em solo português, a opção mais utilizada é a da Vodafone, que como já deve ter observado, é a principal operadora do continente. Mas há outras opções, como a MEO e NOS, que tem rede própria e bons planos. E ainda há a Nowo, que é menor, mas também oferece serviços.

França

Na França, por sua vez, as operadoras, sejam elas grandes ou pequenas, oferecem preços semelhantes. As operadoras mais utilizadas no país são a Bouygues Telecom, Orange, SFR e Lycamobile, além da Travelwifi.

Reino Unido

As britânicas Vodafone e O2, embora onipresentes na Europa, também contam com grande cobertura na ilha. Com outras operadoras, como a Giff Gaff, EE e Virgin Media, há boas opções de chips no país. Uma dica importante é pedir a remoção do Content Lock, uma medida do país que restringe o conteúdo adulto, mas que traz um outro problema: há sites que não oferecem tal conteúdo, mas que acabam bloqueados por não serem designados corretamente.

Dá para ter o chip ainda antes de sair do Brasil?

Sim, e há ainda mais uma opção dentre as que apresentamos em chips internacionais. Trata-se do eSim, chips virtuais de celulares que não contam com um chip físico. Aparelhos mais modernos contam com este recurso, como os atuais iPhones. Para usar o serviço, basta baixar um aplicativo, da operadora desejada, e efetuar a compra, ativando instantaneamente o plano em seu smartphone.

Portanto, a vantagem é que você não precisa tirar o seu chip do aparelho, para trocá-lo por outro. Mesmo aparelhos como o iPhone, que não tem slot para dois chips, o eSim ativa no aparelho uma segunda linha, que em nosso caso, será a linha internacional, a utilizada em sua viagem.

Assim, há diversas opções no mercado, e é preciso uma boa pesquisa, antes de efetuar a compra.

Não use o seu plano de celular do Brasil na Europa

Mas, independente do que você escolher, uma regra é clara: não use seu plano de celular brasileiro na Europa. As operadoras brasileiras até oferecem serviço de roaming internacional, mas eles são extremamente caros, podendo custar 10 vezes mais o valor da ativação de uma linha já dentro da Europa.

E, como você viu, há diversas opções interessantes, para todas as necessidades e bolsos, que podem garantir o uso da Internet em solo europeu, ou em outros continentes, de forma prática e simples.

Mas, voltando ao que falamos no começo, lembre-se que como cidadão italiano, você poderá não só obter os chips de forma simples, como poderá viajar por todo o mundo sem preocupações com vistos, pois o Passaporte Italiano é um dos mais poderosos do mundo.

Por isso, se você quiser saber mais, tirar alguma dúvida ou fazer um orçamento, sinta-se a vontade para enviar um e-mail, que será respondido com o maior prazer: