preloader
 Palavras italianas: Colazione, o nosso café da manhã

Palavras italianas: Colazione, o nosso café da manhã

O italiano nasceu do latim, mesmo idioma antigo que gerou o espanhol, e o nosso português. Entretanto, apesar de compartilharem de várias palavras e expressões em comum, estes idiomas contam com algumas palavras muito diferentes uns dos outros.
É o que iremos abordar por aqui, eventualmente. Traremos para você, através de nosso blog, palavras italianas que são bem diferentes, quando comparados com o português. É um jeito interessante de conhecer não só sobre a origem de uma palavra. Mas sobre costumes de um povo tão tradicional.
E hoje, iniciaremos com a primeira refeição do dia. Para muitos, a refeição mais importante, o café da manhã é chamado de colazione, em solo italiano. Mas por quê? É o que iremos descobrir.

A primeira refeição do dia

A palavra colazione tem sim origem latina, mas, mais precisamente, ela vem do francês, collatión. E sim, tal palavra também serve para designar a colação de grau de um formando. Estas expressões vieram, por sua vez, do latim collatiònem, que podia ser resumido em collàtus, particípio passado de cònfero. Collàtus pode ser entendido como “contribuir”, “colaborar”, ou mesmo “conferir”. E era usado como termo de reunião para conversas durante uma refeição.
Ou sobre “como cada um dos convidados contribuiu com sua parte”. O termo foi se aproximando mais de nosso uso comum nos monastérios europeus do século IV, onde collàtus era indicado nos conventos como uma refeição curta, consumida em grupo, fora do horário da janta, durante a madrugada.
Isso permaneceu desta forma até o século VI, que, com as regras beneditinas de oração atualizadas, levou esta curta refeição a ser oferecida imediatamente após as orações matinais. Há outra linha de entendimento que diz que a palavra correta seria colatio, com apenas um L.
Assim, colatio, que também poderia ser entendido como caldo, faz referência a sopas, leite, chá ou elementos semelhantes. E poderia ter sido confundido pelos monges com o termo collàtus, com os dois L’s. Nesta linha de raciocínio, a palavra colazione seria a união da “reunião de conversa através de refeição” do latim, mais “a refeição oferecida pelas manhãs” dos monges, e o termo que indica alimentos como o leite.

Dos monastérios para todo o mundo

Independente disso, o termo em latim teria sido escrito pela primeira vez no material sobre as regras do primeiro monasticismo cristão. Escrito por São João Cassiano, e compartilhado por quase todos os mosteiros na Europa, a primeira refeição do dia foi designada collàtus.
Antes de tudo isso, na antiga Europa, a primeira refeição feita após um longo jejum, que poderia ser ou pela manhã, ou à noite, se tal jejum, em caráter religioso, fosse feito durante o dia, era chamado de dis-jejuniis, o que gerou a palavra desjejum, também utilizada para designar o café da manhã.
Mas, curiosamente, a palava dis-jejuniis, também gerou a palavra disner, que era a refeição do meio dia, no francês antigo. a palavra evoluiu para dejeuner, e depois, em diner, que é o termo utilizado em francês para jantar (a refeição havia sido movido para o fim do dia durante o século XIII), ou o dinner, que é o jantar em inglês.
Voltando ao latim, e a Roma Antiga, a refeição curta pela manhã era diferente da coena, que era a refeição mais luxuosa. E servida entre as três e quatro da tarde. E que gerou a expressão cena, que é o jantar na Itália. Já a primeira refeição, se chamava pre en-dies. Ou o primo del giorno, que atualmente, designa o pranzo, o almoço italiano. Iremos falar melhor, tanto de almoço e jantar, em outra ocasião.

Como é a colazione na Itália?

A colazione italiana é muito semelhante a francesa. Que, devido a influência dos imigrantes italianos no Brasil, também é muito parecida com o café da manhã que consumimos diariamente. A refeição conta essencialmente com alimentos doces, ricos em carboidratos. Como biscoitos, croissants, pão com chocolate ou geléia, iogurte, e cereais.
Sempre acompanhado de café puro, café com leite, cappuccino (falando nisso, já leu nosso artigo falando de cafés?), ou chá.