Dicas úteis para aprender o idioma italiano

Seja para quem quer morar na Itália, conquistar sua Cidadania Italiana, ou mesmo passar uma temporada no país, é muito importante aprender o italiano. Saber falar inglês o ajudará em alguns locais, como aeroportos ou grandes lojas. Entretanto, os italianos, geralmente, não falam inglês.

Além disso, o italiano é o idioma oficial de seis países: Itália, Vaticano, San Marino, Suíça, Eslovênia e Croácia. É claro que suíços, eslovenos e croatas falam outros idiomas, mas, por serem vizinhos da Itália, acabaram aceitando o idioma como um de seus oficiais.

É possível aprender o idioma de várias formas. Baseado no seu ritmo de aprendizado, estilo de vida, e urgência de aprender a falar o idioma, confira as dicas que trazemos para você, a fim de desenvolver uma boa conversa no idioma italiano. Que é útil para conversas, pedir informações, ou apreciar a comida correta nas deliciosas cozinhas do país.

Estude italiano na Itália

Pode parecer meio óbvio, mas, se a sua visita à Itália não tem o caráter exclusivamente turístico, é uma boa ideia aproveitar a estada no país para estudar o idioma. Há vários cursos de italiano gratuitos para estrangeiros, que podem ser oferecidos por associações e igrejas.

Procure informações sobre estes cursos, gratuitos ou pagos, nos locais os quais você irá ficar na Itália. É comum encontrar em centros de integração os grupos e locais que oferecem estes cursos.

Seja para o intercâmbio, ou durante seu processo de Cidadania Italiana, aprender o idioma, além de útil para a vida no país, também é um ótimo exercício para o cérebro. Estudos mostram que aprender um novo idioma aumenta a memória, e diminuem até a tendência de doenças, como o Alzheimer.

Estude italiano no Brasil

Como bem sabemos, há um grande número de imigrantes italianos no Brasil. Por causa disso, há inúmeras associações culturais italianas, que celebram os elementos de seu povo, incluindo o idioma.

O próprio site da Embaixada Italiana no Brasil oferece um link com cursos disponíveis em cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, e Recife. Se você mora nestes locais, poderá procurar maiores informações a respeito, assim como se matricular.

Além deles, há várias ofertas de cursos de italiano pelo país. Apenas tome o devido cuidado de pesquisar bem sobre as escolas, seu conteúdo e práticas de funcionamento, antes da matrícula.

Aprenda italiano online

Para quem tem dedicação e consegue usar a Internet a seu favor, poderá aprender o italiano através de sites e plataformas. São várias as opções, que atingem vários perfis de pessoas, e ajudam muito para aprender o idioma.

A USP oferece um curso de italiano gratuitamente, o Dire, Fare, Partire. Com 16 lições em vídeo e PDFs para os exercícios. O Youtube também tem canais úteis para aprender italiano, como o canal Italica, feito pela mesma equipe do curso da USP.

Sites diversos também oferecem cursos do idioma. Há o Italiano na Web, o In Italia, além do Babbel, plataforma tradicional de estudo de idiomas. Além deles, há o curso do canal italiano estatal, a RAI. O Io Parlo Italiano tem um funcionamento muito semelhante ao de nossa emissora estatal, a TV Cultura. E oferece um bom conteúdo.

Aplicativos de celular

Os smartphones são ótimas ferramentas multimídia. E se encaixam perfeitamente como opções de plataforma para estudo de idiomas. Todos eles contam com o modelo de negócios comuns aos aplicativos de smartphones. Contam com planos gratuitos, porém limitados. E com versões pagas, completas.

No caso do italiano, você pode baixar, testar e ver qual o aplicativo que mais se encaixa no seu ritmo e estilo de aprendizado. Entre as opções de mais procura nas lojas de aplicativos, temos o Mosalingua, o Memrise, o Babbel, e o Duolingo.

Dificuldades de aprender italiano

O italiano é uma língua de origem latina. Isso quer dizer que, baseado no Latim, línguas “irmãs” como o português, o espanhol, e o italiano, dividem de muitas similaridades. Inclusive, algumas palavras são idênticas.

Outras, apesar de bem diferentes, são facilmente reconhecíveis e adaptáveis ao nosso dialeto. Uscita, por exemplo, que quer dizer saída, vem do latim exire. Que, por sua vez, gerou a palavra em português Êxodo (que relaciona à saída de uma pessoa ou povo de um lugar para outro), ou mesmo a palavra que designa saída em inglês, exit.

Ou seja, é possível aprender o idioma sem maiores problemas. Aproveitando-se de palavras que seus parentes descendentes acabam falando vez ou outra, e prestando atenção para a origem de algumas palavras, naturalmente você irá se desenvolver com o idioma.